quarta-feira, 31 de julho de 2013

Vídeo mostra revolta de estudante

Mais um vídeo de protesto na internet! Assim, a Categoria, com o apoio dos estudantes, vai protestando de uma forma democrática contra a "divisão" da nossa profissão (em licenciatura e bacharelado)... Parece que não fui muito claro no último blog, mas, apesar de ser totalmente contrário à divisão da nossa profissão, apesar de ter exigido do sistema CONFEF/CREFs  que auscultasse a categoria, e entrasse na nossa luta para derrubar essa divisão, nunca fui escutado, sequer recebi resposta.

Com exceção do CREF1, contrário à divisão, o silêncio de todos os CREFs e do CONFEF, confirma o que todos já esperávamos: são todos a favor da divisão.

Portanto meus caros leitores, tenho que afirmar... CUMPRA-SE A LEI............ NÃO PODE PROFISSIONAL (PROFESSOR) DE EDUCAÇÃO FÍSICA COM FORMAÇÃO, APENAS, EM LICENCIATURA (CNE/CP 01 de 2002 e CNE/CP 02 de 2002) trabalhar em academias, clubes, escolinhas esportivas, treinamento e/ou similares. A formação acadêmica em licenciatura é exclusiva para ministrar aulas em escolas (Educação Física curricular) ou atividades de apoio a Projeto Pedagógico da Escola (Educação Física Escolar).

Vejam a revolta do estudante no vídeo que está acessível neste link também :












terça-feira, 23 de julho de 2013

Pode ou não pode licenciado trabalhar em academias, clubes e escolinhas esportivas?

Essa discussão parece que não tem fim, mas atendendo a solicitação dos colegas no Facebook esclareço que particularmente sempre fui contra a separação ou fatiamento da nossa formação acadêmica. Nada mudou no mercado de trabalho, pelo contrário, criou-se confusão e divisão na categoria......como tudo que acontece no Brasil, com a Educação Física não foi diferente, o MEC/CNE  por resolução dividiu nossa formação acadêmica em Licenciatura e Bacharelado sem consultar ninguém, sequer o mercado de trabalho.

Mas, temos que respeitar e tenho vários especialistas, amigos de verdade como Roberto Correa e Marcelo Costa dentre tantos que discordam e apoiam a resolução do MEC/CNE...
Isto posto, esclareço aos colegas que:

Os efeitos da decisão obtida pelo Ministério Público de Goiás em Ação Civil Pública contra o CREF-GO e CONFEF, só possuem validade na jurisdição do CREF-GO. Essa decisão não surte nenhum efeito nos demais estados do Brasil.

No âmbito do estado do Rio de Janeiro, tivemos mais de 200 ações judiciais, as liminares dos egressos de cursos de licenciatura foram negadas, os julgamentos em 1ª e 2ª instância foram improcedentes e os recursos para o STJ e STF não foram sequer admitidos...Cabe esclarecer que no início, o CREF1 perdeu  várias ações em 1ª instância, porém ganhou TODAS em 2ª instância, após esclarecimentos e memoriais com os Desembargadores Federais do Tribunal Regional da 2ª Região (TRF2) sobre o tema. Assim, após despachos e memoriais com os Juízes da comarca de Volta Redonda município do Rio de Janeiro, eles passaram a seguir o posicionamento do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, negando as liminares, julgando improcedentes as ações em 1ª instância.

O CREF1 decidiu manter a orientação quanto à distinção dos cursos de licenciatura e bacharelado, conforme resoluções 01/2002, 02/2004 e 07/2004, disciplinada pelo Sistema CONFEF/CREF1s, muito embora não tenhamos consenso quanto à sua contribuição para a categoria.

O tema gera insatisfação na nossa categoria, mas enquanto a resolução do MEC não mudar não podemos fazer nada, e destaco que não tem nada de inconstitucional nas ações dos CREFs, por isso sempre recomendo que todos busquem formação nos dois cursos, apesar de nunca ter sido consultado como todos os colegas que militam na profissão, sempre respeitando os colegas que pensam ao contrário.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

segunda-feira, 15 de julho de 2013

A Educação Física e as benesses do poder

Se realmente o Governo, leia-se presidente Dilma, tivesse interesse em mudar esse país, bastava efetivar essas ações que independem de consulta popular e manipulações políticas, a saber:

  • Reduzir o número de Ministérios para 10; 
  • Realizar levantamento anual dos bens de todos os políticos, diretores, conselheiros, desembargadores e Ministros através da fiscalização da Receita Federal, compatível com a renda;
  • Aumento salarial dos políticos/juízes/promotores e demais órgãos públicos com mesmo índice oficial determinado pelo governo;
  • Reduzir em 50% os gastos com funcionários não concursados e mordomias no governo, tipo aviões, helicópteros, viagens e cartões de crédito corporativo, por exemplo.
Pronto Presidente Dilma! Com quatro providências, que independem de aval do Legislativo e do Judiciário, teremos a voz das ruas atendidas em 100%......sabemos que vai ser difícil, há pressão de todos os lados, mas é o primeiro passo.

A mobilização popular passa pelas estruturas partidárias e de organizações que no passado representavam os anseios da sociedade, refiro-me à União Nacional dos Estudantes (UNE), e aos Sindicatos, hoje anestesiados com as benesses do poder, co-responsáveis por tudo que vem acontecendo no Brasil.

Fica claro que essa política de benesses contaminou todo o serviço público Municipal, Estadual e Federal, em todos os níveis, Executivo, Legislativo e Judiciário. E por que não afirmar que também estamos nesse bolo, a Educação Física com suas representações com os Sindicatos, APEFs e principalmente o sistema CONFEF/CREFs ocupadas por pessoas com interesses de se perpetuarem utilizando as benesses do poder.

Presidente Dilma a hora é esta, de mudar o Brasil e definitivamente a senhora com uma canetada pode fazer isso!
 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Será que acordamos mesmo?


Demorou... Não se dizia que nossa juventude era alienada? um povo que se reúne única e exclusivamente para pular nos trios elétricos, se divertir em shows, e marchar em passeatas gays ou para evangelizações de todas as religiões...demorou!

Mas o governo cedeu à voz das ruas...somos o país com uma das maiores cargas tributárias do mundo, e em troca o governo Executivo, Legislativo e Judiciário, retribui com inflação alta, mais impostos, saúde e educação de baixa qualidade, corrupção no funcionalismo público, mensalão, mordomias e nepotismo aos montes no Judiciário...enfim vivemos num país onde quem está no poder tem direito a tudo, inclusive a roubar a vontade.

Demorou!..Medidas como 75% do petróleo (pré-sal) para educação é demagógica e eleitoreira. O país tem dinheiro, porém ter mais dinheiro não vai mudar a educação, se isso fosse verdade os municípios do Norte Fluminense, que recebem fortunas de royalties do petróleo, estariam com elevados índices de qualidade na educação e na saúde, e não é isso que acontece.....

Mais dinheiro gera mais corrupção.....precisamos urgente de um plano nacional de educação, passar a limpo a educação...ampliar os controles, inserindo as organizações populares nas comissões de controle, precisamos de transparência e prestação de contas abertas, nada de caixa preta.......aí sim a nossa Presidenta estará fazendo uma revolução no padrão de vida dos brasileiros....

O pior de tudo é que não podemos contar com os sindicatos, organizações estudantis, Conselhos profissionais, e até instituições religiosas  porque todos se lambuzam no melado das benesses do governo.......o novo plano tem que inverter a prioridade na educação e dar prioridade a salários dignos, a uma educação básica de verdade, só assim mudaremos esse país!

AH! ... Educação Física com suas instituições,  também estão se lambuzando nas benesses do governo??.... Diga você....
 

Acesse o meu Facebook aqui.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Grupos organizados tentam reverter a mobilização


A hora é de tentar reverter o resultado do jogo.....os governantes, partidos, sindicatos, políticos e organizações ditas estudantis perderam espaço junto a sociedade, foram atropelados pela mobilização popular. A princípio ficaram quietinhos, perplexos, e quando tentaram participar das passeatas, foram rechaçados e, provavelmente por isso, optaram pela baderna, pela infiltração, e pelo vandalismo....ou vocês acreditam que essa onda de destruição e depredação foi algo espontâneo....?

Claro que foram os excluídos que tentaram e continuam tentando radicalizar com os protestos para não perderem suas boquinhas no governo.....um governo aparelhado, ocupado em todos os níveis por sindicalistas e políticos pelegos, estudantes ? Que estudantes??? A UNE, UMES....ah! Todos chapa branca, os verdadeiros estudantes estavam nas ruas enquanto os dirigentes das agremiações estudantis viajam pelo mundo a custa do seu, do meu, do nosso dinheiro......

Nossa Presidenta, bem orientada por seu guru, mudou o discurso com um único objetivo: culpar o Congresso pela mazela - entenda CORRUPÇÃO - no país.

O povo não quer mudar o jogo político, fazer plebiscito, isso é desviar do foco das reivindicações....queremos os corruptos na cadeia, queremos o fim das mordomias em todos os níveis inclusive no Judiciário, queremos justiça igual pra todos....queremos participar, ser ouvidos, não ficar a mercê de um Congresso também chapa branca.

Agora vejo passeatas organizadas pela UNE, Sindicatos e até partidos.......É brincadeira!  Como são covardes....como são cínicos....não vamos dar espaços para essas instituições falidas, desgastadas, atrasadas, elitistas e principalmente perversas.

O que o povo pediu e pede nas ruas do Brasil, guardada as devidas proporções, é o que toda Educação Física vem exigindo das suas instituições....


Clique aqui e comente também no Facebook.





Vamos passar a limpo a EDUCAÇÃO FÍSICA

Depois de resistir todos esses anos, e por não ter como atender a demanda dos colegas somente com um blog, a partir de hoje passo a fazer parte do Facebook....

É importante destacar que vamos debater temas referentes, única e exclusivamente, à EDUCAÇÃO FÍSICA...qualquer tema, qualquer assunto, não vamos censurar de forma nenhuma, apenas enfatizamos que esse canal não será instrumento de partidos políticos, como também não aceitaremos posições xenofóbicas, sejam elas quais forem......

Será o Facebook da EDUCAÇÃO FÍSICA......discutiremos tudo, de todos os segmentos, sempre buscando esclarecimentos com colegas que militam em todas as áreas, do estudante ao Professor......da escola à terceira idade.

Não é uma página pessoal, é da EDUCAÇÃO FÍSICA de todo o Brasil. Vamos democratizar e tornar mais transparente a realidade da nossa Educação Física!



 Venha fazer parte desse grupo!